29 de julho de 2009

Real Madrid vs Barcelona | Adidas vs Nike

A briga entre as gigantes fornecedoras de materiais esportivos continua. O tema foi um dos “TOP 10” em 2008 (aqui) e isso tudo continua no futebol mundial.

Se olharmos para os principais clássicos notamos claramente o que acontece: Milan (Adidas) e Inter (Nike), Chelsea (Adidas) e Manchester (Nike) e Real Madrid (Adidas) e Barcelona (Nike). No Brasil, tínhamos a disputa entre as marcas no Fla-Flu (RJ) e continuamos com isso em São Paulo, com Palmeiras (Adidas) e Corinthians (Nike).

Na Espanha, essa briga promete novos capítulos nesta temporada, já que a Nike (ou o Barcelona) ganhou o reforço do sueco Zlatan Ibrahimovic. O atleta será a principal estrela da marca no país, já que Lionel Messi e Xavi vestem Adidas, Thierry Henry é da Reebok.

Cristiano Ronaldo é o principal jogador da Nike no Mundo, mas estará vestindo as três listras durante o campeonato e não poderá ser tão explorado quanto Ibrah, fato que acirra a disputa entre as marcas no clássico espanhol.

Comentam nos bastidores que o sueco aceitou ganhar menos no Barcelona mediante ao maior contrato com a Nike, que acertaria a diferença salarial e se for isso realmente, vemos a necessidade que a marca enxergou por ter um de seus atletas vestindo o uniforme do Barça.

E o que vocês acham dessas disputas? Os torcedores se envolvem ou só privilegiam o fornecedor na hora de comprar o uniforme?!

3 comentários:

Glauco disse...

Olá. Gostaria de saber se existe a possibilidade de colocarem um banner ou um link do PortalCorinthians.com no blog.

Aguardo uma resposta,
Glauco(gmarcon2008@escolasesc.g12.br)

Fernando disse...

Acho que tudo que envolve o time do coração tem um peso maior na hora da escolha, por exemplo quando a Pepsi entrou como patrocinadora do Corinthians muitos torcedores trocaram a Coca-Cola pelo produto que estava estampado na camisa do seu time. Com os fornecedores não é diferente, o torcedor pode gostar mais da marca do adversário e comprar dela, mas com certeza vai olhar os produtos da fornecedora do time que torce e acaba levando alguma coisa, o que reflete a importância de dar valor ao seu torcedor.
Nessa questão, em São Paulo, a Nike consegue atrair mais esses "naturais consumidores" da sua marca, com campanhas e ações envolvendo o Corinthians, que fidelizam cada vez mais os torcedores, como citado o caso do Ibra, a Nike viu em Ronaldo uma porta gigante para trabalhar suas ações com o Corinthians já que é a fornecedora de material esportivo do clube. Se as outras grandes soubessem trabalhar isso nos clubes em que estão, teriamos uma "guerra" fantástica para os publicitários muitas vezes torcedores fanáticos.
Ah e vale lembrar que na América do Sul a rivalidade é mantida, Brasil (Nike) e Argentina (Adidas).
Sensacional post.
Abs.

Marcello De Vico disse...

Com certeza os torcedores se envolvem nisso. Por patrocinar o Palmeiras, a Adidas está de alguma forma ligada também aos palmeirenses, por exemplo. Não digo todos, mas tenho certeza que muitos torcedores pensam nisso na hora de adquirir algum produto. Acho que essas empresas poderiam explorar mais esse lado do fanatismo do torcedor para se promover e ganhar o "cliente".