12 de março de 2009

Petrobras no Manchester United (?)

A Petrobras está estudando um apoio ao clube inglês Manchester United. Ainda não há nada oficial, mas poderemos ver a estatal brilhando ao lado de um dos maiores clubes do mundo na próxima temporada.

A empresa que é parceira do Flamengo e já esteve na camisa do River Plate (Argentina), foi procurada pelo clube inglês e espera um avanço maior na negociação para poder avaliar todos os pontos e valores da parceria.

Após a saída da Honda da F1, a Petrobras poderá realocar a verba que estava comprometida para outro projeto esportivo, e utilizar este valor para investir no Manchester United. Porém, no acordo com a Honda, havia uma cláusula destinada ao desenvolvimento de novos produtos, o que não aconteceria com no futebol.

A parceria ainda não foi fechada, mas já enxergo dois pontos para a discussão:

1. A Petrobras investe muito em projetos sociais, não apenas ligados ao esporte dentro do país. Sem entrar no mérito de ser obrigação e de descontar no imposto, é uma verba gigantesca mergulhada nas melhorias do país (parte social).

2. O Manchester United é um dos clubes mais ricos do mundo, com uma visibilidade enorme, que acarretaria na exposição da estatal no mundo todo.

Com certeza a verba para a parceria seria infinitamente maior ao valor investido no Flamengo, por exemplo. Será que vale a estatal investir pesado para ter seu nome na “boca do mundo” ao lado de um dos maiores clubes do mundo ou utilizar esse dinheiro aqui dentro do país?

O que vocês acham?

3 comentários:

Dida disse...

Brunão, ótimo post e questionamento.
Acredito que se a Petrobras optar por patrocinar o Manchester, ela não deve abrir mão de seus projetos por aqui. Em diversas pesquisas relacionadas ao esporte a empresa normalmente está entre as mais lembradas que apoiam o segmento e, como vc mesmo colocou, ela toca projetos importantes - esportivos e sociais - os quais eu acredito que ela não deva abrir mão. No entanto, há a posição estratégica da marca, a Petrobras vem procurando formas de internacionalizar sua marca de forma mais marcante e, de fato, patrocinar um clube como o Manchester United pode se mostrar uma ótima solução.

Wagnão disse...

Além de obras sociais no país, a Petrobrás teria que investir também nos atletas nacionais, não somente futebol, mas ginastas, corredores, nadadores e etc, que precisam suar muito pra poder chegar às olimpiadas e mesmo sem estrutura são fortemente cobrados...
parabéns pelo Post.

Guia de Margarinas disse...

Eu acho que se a PETROBRAS optar por pratrocinio ao Manchester United sem duvida a popularidade dele vai crescer muito e com isso, as vendas; pois irão optar por uma marca conhecida que no caso a nossa PETROBRAS.