27 de março de 2009

Hot Wheels na Stock Car. Da estante para a pista.

No dia 29 de março teremos o inicio da temporada 2009 da Copa Nextel Stock Car, que promete ser ainda mais disputada.

Esse ano, a categoria terá novidades, pelo menos para os apaixonados por carros e “carrinhos”. O experiente piloto Chico Serra, ao lado de Felipe Maluhy, irá pilotar o carro da equipe Hot Wheels Racing.

A gigante dos carrinhos de brinquedo irá patrocinar o carro da montadora Peugeot, um 307 que segue os padrões daqueles carros que grande parte dos meninos colecionou e ainda coleciona.




Um tiro certo. É assim que enxergo a entrada da marca em uma das categorias que mais cresceu nos últimos anos. Sem fazer grandes esforços, a equipe já sai com uma legião de fãs espalhados pelo país que com certeza irão correr atrás para ter o modelo em suas estantes.

A Hot Wheels fez e faz parte do imaginário coletivo de meninos (e meninas também) ao longo de muitos anos e representa muito mais do que simples brinquedos. Não tenho dúvidas que os apaixonados pela marca vão querer acompanhar o desempenho da nova equipe da Stock Car.

Porém, uma dúvida surge. Será que um possível baixo desempenho poderia acabar com o encanto daqueles que sempre acharam que seus carrinhos eram imbatíveis? O que vocês acham?

2 comentários:

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...

Sempre que se arrisca uma nova investida, um marketing original inevitavelmente dois caminhos se abrem a frente, o que pode dar certo e que pode não dar... Porém uma investida como essa sempre alavanca as vendas para apaixonados por carros. Na minha opinião onde a marca leva vantagem é exatamente no seu público, por ele ser renovável, crianças que brincaram com carrinhos da marca cresceram, e hoje entendem que a magia da marca não pode ser levada para as pistas, mas para as crianças essa magia ainda é uma coisa que não vai sair das cabeças delas, mesmo porque dificilmente eles vão ter "tempo/paciência" para acompanhar uma corrida inteira, a corrida delas elas mesmo fazem e sempre são vencedoras.