17 de março de 2009

Liga dos Campeões na Globo

Demorou, mas enfim, a Rede Globo comprou os direitos da competição mais importante do futebol mundial. O namoro entre a emissora e a liga já durava alguns anos, e sempre esbarrava na questão dos direitos relacionados aos patrocinadores da competição.

Uma mudança nas regras, e a Globo adquiriu o direito de transmitir a Liga dos Campeões a partir da temporada 2009-2010 para a TV aberta. A gigante carioca irá transmitir as partidas das quartas-feiras, os jogos de terça-feira serão exibidos pela TV Esporte Interativo, e na TV paga, todos continuarão com a ESPN.

A Heineken, principal patrocinadora da competição não terá o direito de exibir sua logomarca e também não irá veicular o tradicional comercial que antecede as partidas.

Essa mudança já era de se esperar, tendo em vista que a Rede Globo corre atrás dos grandes eventos esportivos mundiais. Porém, precisamos nos atentar para duas questões:

1. A Globo terá que abrir mão de parte da sua programação semanal. “Vale a pena ver de novo” e “Sessão da tarde” serão colocados de lado na quarta-feira. Aparentemente nenhum problema, mas são dois programas que a emissora insiste em deixar no ar (tem os seus motivos), que só deixa de transmitir quando temos jogos da seleção, isso de dois em dois meses (e olhe lá). Com isso, mais uma cota de patrocínio estará na cartela de produtos dos homens que cuidam do comercial da Rede Globo, e acredito que muitas empresas já devem estar brigando pelas cotas.

2. Podemos estar vivendo um momento histórico. Hoje em dia, se você perguntar para crianças, qual o time que elas torcem, a maioria irá dizer um nome nacional, e um clube estrangeiro, como por exemplo “São Paulo e Manchester”. Isso tudo porque hoje em dia a distancia entre fatos e lugares do mundo está cada vez menor. As informações estão acessíveis, e as crianças estão indo cada vez mais longe. Com a transmissão desses jogos em TV aberta, pela maior rede do país, podemos ter daqui alguns anos, crianças que irão torcer para o Manchester, para o Milan, para o Barcelona e para demais clubes europeus. Isso, não sendo a segunda opção, mas sendo o “time de coração”, já que irão acompanhar estes clubes sempre pela televisão.

Certa vez ouvi uma história que o Flamengo tem muita torcida pelo país, devido as excursões que fazia. Iriam jogar nos quatro cantos do Brasil, e assim conquistando torcedores nas mais diversas cidades, já que era o único clube que estava presente na região. Guardadas as devidas proporções, os clubes europeus estarão fazendo excursões pelos lugares mais distantes do Brasil, e poderão estar conquistando essa nova geração, que já fala de Cristiano Ronaldo, Kaká e outros jogadores, como se vissem atuando sempre.

E vocês, o que acham?

2 comentários:

adrkorn disse...

vai ser muito mais emocionante ate mesmo pq os comentaristas da record sao muito fracos vou adora assistir na globo

Laurão disse...

O Problema da Globo, é que não dá pra entender. Eles compram os direitos de Transmissão e simplesmente NÃO transmitem. Vai entender.