18 de junho de 2008

Finais da NBA | Reflexão

Ontem o Boston Celtics conquistou o seu décimo sétimo título da NBA após derrotar seu rival histórico, o Los Angeles Lakers, numa série melhor de sete por 4 jogos a 2.

O Celtics foi a grande sensação da temporada com seu trio de ferro composto por Kevin Garnett, Ray Allen e Paul Pierce, que foi o MVP das finais. O time de Boston foi infinitamente superior na partida de ontem e bateu o Lakers com uma diferença de 39 pontos.

Ao final da partida uma imagem me chamou a atenção. Como já é de praxe, David Stern anunciou os novos campeões e, quando eu achei que os jogadores iam se aglomerar em torno do troféu para iniciar a festa, um dos dirigentes do Boston, Wycliffe Grousbeck, foi chamado para levantar a taça para só depois repassá-la aos jogadores. Confesso que achei um pouco estranho (e chato); afinal, estamos acostumados a ver o capitão do time fazer este papel.

Mas, mais do que um 'jeitão americano' de comemorar, acredito que isto é uma forma de premiar a estrutura e o planejamento de um time, algo que já abordamos algumas vezes aqui no Radar Esporte.

Para quem não sabe, o Boston Celtics foi um dos piores times da temporada passada, mas, mesmo com a má campanha, deram continuidade ao trabalho que estava se iniciando, mantiveram o técnico - muito criticado na época - e os jogadores considerados fundamentais, e deu no que deu: Celtics Campeão.

Isto é mais uma prova da importância dos dirigentes, tanto no nível dos clubes quanto no das confederações, para o desenvolvimento do esporte.

3 comentários:

Net Esportes disse...

vitória merecida do Boston, o fim dos 22 anos de jejum veio de forma brilhante.......

http://netesporte.blogspot.com/

Anônimo disse...

Mantiveram o trabalho e os principais jogadores?? Quer dizer que a defesa do Boston era igualzinha na temporada passada??

E a chegada de Garnet e Allen significaram o que?

Continuem falando mais de marketing. Quando o assunto é esporte mesmo parece que vcs não entendem muito.

Dida disse...

Manter Doc Rivers, a comissão técnica e Paul Pierce, que por coincidência foi o MVP das Finais, não representa a manutenção de um trabalho?
Óbvio que Garnett e Allen são jogadores de peso e que foram fundamentais para a conquista, mas a base foi estabelecida. A partir do momento que os dirigentes e o principal jogador do time apresentaram uma temporada pífia no ano anterior e mesmo assim continuam na equipe, considero que o Norte do Celtics continuou o mesmo, a direção se manteve. Eles só seguiram alguns caminhos diferentes para seguir nesta direção, e o fizeram.

Obrigado pelos elogios, vamos continuar trazendo alguns assuntos interessantes.

Abraço,