27 de agosto de 2008

Posicionando Londres 2012



Os Jogos Olímpicos de Pequim mal terminaram e já começaram as discussões sobre os Jogos de Londres 2012. Depois de um evento de encher os olhos, muitos perguntam se a capital inglesa será capaz de realizar um evento tão espetacular.

Para começar, o budget de Londres é de $ 17 bilhões, ou seja, bem inferior ao de Pequim, que foi de $ 44 bilhões. Só aí já dá pra perceber que não vai ser fácil proporcionar um evento tão parecido, pelo menos em termos de grandiosidade.

A Olimpíada de Pequim ficou conhecida como a maior de todos os tempos. A China é uma economia em franca ascensão, com uma das maiores populações do mundo e que vai se estabelecendo como uma das potências mais influentes do mundo atual. Se pararmos para pensar, os Jogos de Pequim apenas refletiram este novo status.

Mas, se Pequim 2008 refletiu toda esta questão econômica e política, também representou a repressão e a violência (de todos os tipos) existente no país. A cidade praticamente se blindou contra possíveis manifestações e deu continuidade à censura. Todos os noticiáris constataram: o clima de Jogos parecia estar somente nas arenas, porque, nas ruas, o controle por parte do governo chinês era forte.

Londres 2012 vai se posicionar de forma diferente.

A cidade quer uma atmosfera um pouco mais descontraída. A intenção é que a Olimpíada seja de fato um momento de celebração para todos. Eles querem ver as pessoas participando e brincando pelas ruas. Para isso, uma das medidas será colocar telões e vendedores de alimentos espalhados pela cidade, fazendo com que Londres 2012 seja realmente um evento social e que tenha vida além da Tv (e da internet).

Resumindo, o desafio de Londres é criar uma atmosfera de festa aliada a uma experiência esportiva incrível.

Tim Parr, que foi um dos representantes do Comitê Organizador de Londres em Pequim, disse: "Nem sempre as festas mais caras são as melhores".

É esperar pra ver.

__

* Pensando nisso, alguém teria algum palpite para o posicionamento do Rio2016? =)

Um comentário:

Eduardo Marques disse...

O único problema dessa proposta londrina é que nos últimos anos, Londres tem sido palco de atentados terroristas. E acredito que em 2012 a coisa não vai ser diferente, já que o mundo estará olhando para eles.

Esse clima festivo não poderá ser tão festivo assim...