13 de janeiro de 2009

Sai Fiat, entra Samsung.

Ainda não é oficial, mas o nome que estará na camiseta do Palmeiras em 2009 provavelmente será a Samsung.

Após um ano de contrato com a Fiat, a equipe alviverde está negociando com a fabricante de eletrônicos os valores que serão pagos ao clube em troca do espaço no uniforme.

A notícia que ronda os bastidores é que a Samsung irá investir R$ 45 milhões. Valor alto, se não fosse dividido em 3 anos, e é isso que me chamou atenção.

Sempre comentamos aqui no Radar Esporte a importância de um projeto a longo prazo, e com ele, contratos que contribuam para o projeto não morrer na praia. A maioria dos contratos entre clubes e patrocinadores dura apenas uma temporada, e isso faz com que no final do ano, o desempenho alcançado seja a base para a próxima negociação.

O Palmeiras fechando um contrato de três anos com a Samsung muda isso. Pensamos: se o Palmeiras ganhar títulos em 2009 e obtiver um desempenho fantástico e acima da média, como poderá ganhar mais dinheiro em 2010? Por outro lado, se o ano não for tão proveitoso, a cota de patrocínio já estará garantida.

Claro que não sabemos as cláusulas do contrato, mas fatalmente deve existir um valor extra por premiação (ou não). No valor do patrocínio ainda consta uma participação de jogadores e comissão técnica em lançamentos e campanhas publicitária da empresa, o que aumentaria o vínculo entre as duas partes.

Eis a questão: para um clube grande como é o Palmeiras, vale mais a garantia de ter um patrocinador para as próximas temporadas ou o risco de ganhar mais (ou menos)?

O que vocês acham?

2 comentários:

Denis Dias de Lima disse...

A Adidas tinha um contrato de três anos e recentemente renovou por mais três, geralmente os contratos de patrocínio são mesmo nesse intervalo de tempo. Quanto à remuneração, em caso de títulos são previstos em contrato valores adicionais. A Fiat pagou ao Palmeiras R$ 1,5 milhão pelo título do Campeonato Paulista e mais um outro prêmio (este não sei precisar o valor) pela classificação para a Libertadores 2009.

Bruno disse...

Denis, bom dia.
É verdade, porém FIAT e Medial haviam feito contrato com os clbues que duravam apenas uma temporada.
Outro ponto importante é o fato de garantir espaço em uma possível Libertadores para o ano seguinte. A Fiat pagou premiação, mas não estará junto com o Palmeiras.
Abraços,